Masculins / Ligue 1 Conforama

ASSE - OL: uma noite para esquecer (1-0)

Published on 07 outubro 2019 at 12:33
ASSE - OL : une bien triste soirée à oublier (1-0)
A 9ª rodada da Ligue 1 Conforama viu o OL enfrentar seu grande rival, o ASSE, no Geoffroy-Guichard, num clássico de alta tensão entre duas equipes que vivem uma má fase. Um encontro determinante no qual os Lyonnais deixaram o campo derrotados e com dez em campo, após a saída do lesionado Dubois e batidos com um gol de Beric no instante final do jogo.
 MELHORES MOMENTOS 

20’. Numa finalização de Boudebouz, Lopes salva o OL defendendo direto para escanteio.
36’. Cobrança de falta direta no gol de Memphis, que não passa longe das traves.
51’. Cruzamento tenso de Trauco e ninguém toca a bola que passa longe do alvo.
54’. Finalização potente de Bouanga, defendida em dois tempos por Lopes.
61’. Acionado em profundidade, Aouar avança e marca finalizando debaixo das pernas de Moulin, antes do gol ser invalidado.
63’. Mais uma defesa de Lopes, que defende um chute acrobático de Bouanga no limite.
75’. Troca de passes entre Dembélé e Aouar, que finaliza para Moulin desviar a bola para escanteio.
78’. Tete cruza na direção da marca do pênalti para Dembéle, mas sua cabeçada é defendida por Moulin.
83’. Com problemas na coxa, o capitão Dubois saiu e deixou o OL com dez em campo.
87’. Grande chance desperdiçada por Aouar, que avançou nas costas da defesa e errou a finalização diante Moulin.
90’. Boudebouz cruza para Beric, sozinho na grande área, que ultrapassa Lopes mergulhando para cabecear. 1-0.


 RESUMO DE JOGO 

O clássico de número 119 da história entre o Olympique Lyonnais e o Saint-Étienne, sendo o 61º disputado no Geoffroy-Guichard, havia tudo para ser caracterizado como a partida do medo entre dois rivais que tiveram um início de temporada ruim. Os Verts, na última colocação na tabela e treinados por Claude Puel, ex-treinador do OL que assumiu o posto ocupando o lugar de Ghislain Printant, receberam os Gones, que estavam na 13ª posição, zona da tabela que não corresponde ao tamanho do clube. Evidentemente, o contexto acabou por proporcionar um início de jogo bastante cauteloso das duas partes. Nenhuma das duas equipes desejaram arriscar, o que fez com que a primeira parte fosse rica em duelos, mas pobre em ocasiões, com Lopes salvando o Ltyon (20') e Memphis criando a única oportunidade dos Gones antes do fim da primeira etapa (36'). Foi com a mesma característica que as duas equipes abordaram o segundo tempo e, infelizmente, o ASSE voltou com mais energia.

$name

Mais uma vez imenso debaixo das traves, Lopes teve que trabalhar (54', 63') para afastar a ameaça do gol adversário. Com dificuldade, os Lyonnais conseguiram trabalhar melhor seu jogo na reta final, mas Dembélé precisou de mais potência (78'), enquanto Aouar errou uma chance impossível de ser desperdiçada (87'), após ter seu gol invalidado por impedimento (61'). A partir daí, a situação ficou mais complicada para o OL. Com um a menos, após a lesão de Dubois quando as três substituições já haviam sido feitas, os comandados de Sylvinho foram surpreendidos pelo gol de Beric nos últimos segundos (90', 1-0), da mesma forma como Dembélé fez na temporada passada para selar a vitória a favor do OL. Hoje, o Lyon que foi a equipe penalizada e, sem sofrer derrotas no clássico durante dez anos, era a oportunidade de alcançar o Saint-Étienne no número de vitórias obtidas no dérbi. Para piorar, o rival ultrapassou o OL na tabela e fez com que o time voltasse ao período negativo, terminando assim a noite de pesadelos.


. A ANÁLISE DO COMENTARISTA / BRYAN BERGOUGNOUX.

Na verdade não jogamos o clássico. Tentamos nos defender para assegurar o resultado, mas essas partidas são o tipo de partida que é preciso jogar para ganhar. Não propomos o que era necessário para buscar a vitória, mesmo se o Saint-Étienne também não produziu muito. Somos uma equipe forte tecnicamente e o fato de acumular muitos jogadores defensivos nos limitou. Os atacantes estiveram isolados e foi difícil encaixar passes de forma consecutiva. Não fomos capazes de nos encontrar em campo e criar conexões

...

 

SÚMULA DE JOGO

No Geoffroy-Guichard, em Saint-Etienne.

Ligue 1 Conforama (9ª rodada) : ASSE - OL 1-0 (0-0).

Arbitragem: Clément Turpin. Público: 34 071 espectadores.

 

Gols: Berić (90') para o ASSE.

Cartão amarelo: Youssouf (37') para o ASSE. Marçal (19') e Jean Lucas (90+7') para o OL.

 

ASSE : J. Moulin - W. Saliba, L. Perrin ©, T. Kolodziejczak - D. Bouanga, Y. M'Vila, Z. Youssouf (Y. Cabaye, 90+7'), M. Trauco - R. Boudebouz - L. Diony (W. Khazri, 64'), C. Abi (R. Berić, 80').

Treinador: Claude Puel.

 

OL : A. Lopes - Marcelo G., J. Andersen, F. Marçal - Rafael (K. Tete, 70'), T. Mendes (J. Lucas, 79'), L. Tousart, L. Dubois © - H. Aouar - M. Terrier (M. Dembélé, 59'), M. Depay.

Treinador: Sylvinho. 

...

Sobre o mesmo tema